Ter21092021

Back Início Igreja Ecclesia - εκκλησία Final dos Tempos Escatologia - Final dos Tempos

Escatologia - Final dos Tempos

 

A palavra “escatologia” significa o estudo do final dos tempos, ou dos tempos do fim, e deriva de uma combinação das palavras gregas:

Escathon - Último, derradeiro, final [no plural: τα εσχατα - as últimas coisas]
Logia - Estudo, ciência ou doutrina

A escatologia tem por finalidade estudar os eventos finais da história da humanidade tais como se apresentam nos registros da profecia bíblica.

“O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar. Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai” - Mateus 24:35-36

“E disse-lhes: Não vos pertence saber os tempos ou as estações que o Pai estabeleceu pelo seu próprio poder” – Atos 1:7

Muito temos ouvido no meio cristão sobre estes textos, e a questão levantada é sempre a mesma:

 “Por que estudar sobre os tempos do fim, se a Bíblia diz explicitamente que não se pode saber o dia nem a hora em que estas coisas acontecerão?”.

E baseado nisto muitos ignoram parcial ou totalmente a escatologia, no entanto, devemos estar sóbrios, atentos e vigilantes, exatamente porque não sabemos nem o dia, e nem a hora da chegada do Noivo (Jesus):

“Vigiai, pois, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor” - Mateus 24:42

“Olhai por vós mesmos; não aconteça que os vossos corações se carreguem de glutonaria, de embriaguez, e dos cuidados da vida, e aquele dia vos sobrevenha de improviso como um laço. Porque há de vir sobre todos os que habitam na face da terra. Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que possais escapar de todas estas coisas que hão de acontecer, e estar em pé na presença do Filho do homem” - Lucas 21:34-36

“Porque a graça de Deus se manifestou, trazendo salvação a todos os homens, ensinando-nos, para que, renunciando à impiedade e às paixões mundanas, vivamos no presente mundo sóbria, e justa, e piamente, aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do nosso grande Deus e Salvador Jesus Cristo, que se deu a si mesmo por nós para nos remir de toda a iniqüidade, e purificar para si um povo todo seu, zeloso de boas obras” - Tito 2:11-14

“Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém. Ora vem, Senhor Jesus” - Apocalipse 22:20

Gostariamos de enfatizar que a nossa pretensão ao falar sobre o final dos tempos, não é anunciar o dia e muito menos a hora, senão somente manter aceso o alerta das escrituras sobre a iminente volta do Noivo (Jesus). Certamente o propósito das verdades escatológicas nas escrituras é nos advertir e consolar, trazendo esperança e segurança.

“Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras” - I Tessalonicenses 4:16-18

O Novo Testamento menciona a volta de Jesus aproximadamente 300 vezes em seus quase 270 capítulos, estes inúmeros alertas são para nós, para nosso preparo e não podem ser ignorados ou negligenciados.

“Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia” - Hebreus 10:25

“Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele dia vos surpreenda como um ladrão” - I Tessalonicenses 5:4

“De maneira que nenhum dom vos falta, esperando a manifestação de nosso Senhor Jesus Cristo, O qual vos confirmará também até ao fim, para serdes irrepreensíveis no dia de nosso Senhor Jesus Cristo” - I Coríntios 1:7,8

Cremos firmemente que qualquer cristão verdadeiro anela pela volta do Noivo (Jesus), e como as próprias escrituras nos incitam a fazer, refletiremos aqui com temor e tremor sobre “aquele dia”.

O Encoberto e o Revelado


Uma falha comum e perigosa em muitos estudos sobre o final dos tempos são os “testes de laboratório”, alguns irrelevantes, outros tendenciosos e heréticos. Sabemos que há pontos de muita controvérsia onde não há maiores explicações bíblicas, e muita coisa que não está abertamente revelada.

Ao invés de tentar achar uma interpretação a qualquer custo ou a que pareça a mais provável, procuraremos compreender os fatos e fenômenos escatológicos à luz do que as escrituras nos ensinam, sem tentar resolver questões para as quais não temos respostas.

“As coisas encobertas pertencem ao Senhor nosso Deus, porém as reveladas nos pertencem a nós e a nossos filhos para sempre, para que cumpramos todas as palavras desta lei” - Deuteronômio 29:29

Então, baseados na figura acima, colocaremos na “gaveta A” de Deuteronômio, as coisas encobertas e na “gaveta B” as coisas reveladas. E não é nossa ambição, nem missão, etiquetarmos o que é encoberto ou não, mas certamente não podemos colocar na “gaveta A” o que Deus já nos tem mostrado e revelado.

“...O homem não pode receber coisa alguma, se não lhe for dada do céu” – João 3:27b

Deus nos deu o privilégio de estudarmos a sua palavra “...para que cumpramos todas as palavras desta lei." Conforme lemos em Deuteronômio acima.

“A entrada das tuas palavras dá luz, dá entendimento aos símplices” - Salmos 119:130

“Ele revela o profundo e o escondido; conhece o que está em trevas, e com ele mora a luz” - Daniel 2:22

"Toda Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda a boa obra" - II Timóteo 3.16-17

"Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo." - Apocalipse 1:3

“E o Senhor me livrará de toda a má obra, e guardar-me-á para o seu Reino celestial; a quem seja glória para todo o sempre. Amém” – II Timóteo 4:18

“Tende sal em vós mesmos, e paz uns com os outros” - Marcos 9:50b

Em Cristo,

marcos teixeira

 

 

 

 

 

 

Prateleira

Este é o homem a quem olharei...

0-este-e-o-homem-a-quem-olharei

"Treme da minha palavra...", Isaías 66:1-2

Como isto te parece? O Altíssimo, busca atentamente algo nos homens, algo cujo valor transcende as iguarias dos príncipes desta terra.