Qua22112017

Back Início Ministério Poder da Ressurreição Missões Missões Brasileiras Antioquia

Antioquia

3-missao-antioquia

Na década de 60, a irmã Barbara Burns sentiu o chamado de Deus para ir como missionária ao Brasil. Ela era do Arizona, nos EUA, e se preparou no Seminário Batista de Denver, no Colorado, onde obteve um mestrado em Missões. A jovem talvez não imaginasse que Deus a estava preparando para uma obra pioneira de alcance mundial.

Foi assim que, em 1969, enviada pela sua igreja missionária, Barbara chegou ao Brasil. Ela trazia no coração um desafio: semear a visão missionária entre os evangélicos brasileiros. Isso em um tempo em que falar de missões era algo raro, desconhecido, revolucionário e de uma ousadia não muito bem vista pelos líderes mais conservadores.

Quando aquela jovem alta e loira, sorridente e muito apaixonada por Jesus começou a ensinar no Seminário Presbiteriano de Cianorte, no interior do Paraná, os líderes não se atreveram a inicialmente dar a ela tanta liberdade para falar sobre Missões. “Ainda não há essa matéria no currículo”, desculparam-se o Pr. Jonathan Ferreira dos Santos e o Pr. Décio de Azevedo, diretores fundadores daquela instituição.

Há, porém, um só Espírito, e quando a visão vem dEle, quem anda nEle sempre tem os seus olhos abertos. E foi assim que, começando por inculcar missões aos alunos dentro de outras matérias, foi permitido a Barbara ministrar o curso de Missões. A missionária conseguiu contagiar a todos do seminário em Cianorte. Mal sabia ela que aqueles dois líderes, Pr. Jonthan e Pr. Décio, seriam tocados a tal ponto que viriam a participar da criação de uma instituição que tem abençoado a vários povos do mundo com os seus missionários. A chama que o Espírito Santo acendeu no Seminário Presbiteriano de Cianorte por meio daquela irmã veio a se tornar uma organização missionária em 1976.

A gênese de tudo foi um grupo de oração que se formou em favor de um jovem enviado para Moçambique. Preso pelos comunistas, ele ficou durante nove meses na prisão. Outros estudantes passaram a se reunir para orar incessantemente pela libertação do rapaz – e o coração deles se abriu para o mundo! O Espírito Santo mostrou a eles que não era somente aquele jovem que devia pagar o preço para que o povo moçambicano conhecesse a Cristo, mas que muitos outros missionários deveriam fazer o mesmo e não somente em Moçambique, mas em muitos outros lugares.

Daquele grupo de oração, com apoio da liderança do seminário, começou a Missão Antioquia, que tem atuado como agência missionária que prima pela oração, convertendo-se em um canal de envio de inúmeras pessoas chamadas pelo Senhor.

Em 1980, a Missão Antioquia foi transferida para São Paulo, dando prosseguimento ao programa de conscientização de igrejas e treinamento e envio de missionários. Hoje, estamos situados no Vale da Bênção, na cidade de Araçariguama – SP.

 

MISSÃO ANTIOQUIA - DO BRASIL PARA O MUNDO

Era o começo da década de 70 e falar para a Igreja Brasileira que ela podia e deveria enviar missionários a outros países parecia algo absurdo. A desculpa de sempre – há muito a ser feito aqui – era a principal. Os brasileiros não se achavam maduros suficientes para a tarefa. Quando a missionária Bárbara Burns, uma jovem americana veio para o Brasil para implantar a visão missionária, deparou-se com essa e outras barreiras. Todavia, se Deus chama, Deus garante.

A prisão de um missionário brasileiro em Moçambique nas mãos dos comunistas seria o episódio que daria origem à primeira agência missionária interdenominacional no país. Um grupo de oração se formou em favor daquele jovem. Preso pelos comunistas, ele ficou durante nove meses na prisão. Outros estudantes passaram a se reunir para orar incessantemente pela libertação do rapaz – e o coração deles se abriu para o mundo! O Espírito Santo mostrou-lhes que não era somente aquele jovem que devia pagar o preço para que o povo moçambicano conhecesse a Cristo, mas que muitos outros missionários deveriam fazer o mesmo e não somente em Moçambique, mas em muitos outros lugares. Nascia no coração do Pr. Jonathan Ferreira dos Santos e no coração do Pr. Décio Azevedo a Missão Antioquia. Era o ano de 1976.

Do norte do Paraná onde nasceu, ela viria para São Paulo na década de 80 e depois seria transferida para o Vale da Bênção, em Araçariguama, interior do Estado, onde está estabelecida atualmente. Nesses mais de 30 anos a Missão Antioquia não apenas enviou centenas de missionários para diversos países do mundo. Ela contribuiu de forma significativa para despertar na Igreja Brasileira a consciência missionária. Como pioneira, abriu o caminho a outras agências que têm contribuído para levar o evangelho do Brasil para o mundo.

A visão da Missão Antioquia é promover transformação através do Evangelho, em áreas negligenciadas de Palavra e obra. Com missionários principalmente em áreas como menos de 1% de crentes, a missão tem procurado agir conforme a visão proposta. Hoje a Missão Antioquia se encontra na África, Oriente Médio, América Latina (Área Indígena), América Central e Europa, todos em campos bastante carentes, tanto espiritual quanto socialmente falando.

A instituição tem procurado se envolver com missões de uma forma integral, reconhecendo as diversas necessidades mundiais. Por isso procura desenvolver ministérios diferentes, como apoio a imigrantes, testemunho cristão, implantação de igrejas, treinamento, apoio a igrejas e projetos sociais. Isso tem permitido à Missão um alcance significativo, mesmo em áreas aparentemente fechadas.

 

O Curso de Preparação Missionária

 Desde que foi fundada, uma das preocupações da Missão foi investir em treinamento, capacitando os candidatos para o campo. Ao longo desses anos, foram mais de 300 missionários treinados para enfrentar as diversas dificuldades do trabalho missionário. Além da ampla e profunda abordagem teórica, todos os alunos do curso passam por atividades de prática missionária, tanto no Brasil como em outra cultura diferente.


O Curso de Preparo Missionário - CPM - oferecido pela Missão Antioquia tem cinco meses de duração, com início em fevereiro. Quatro meses são destinados a aulas teóricas e práticas e, no quinto mês, os alunos fazem um estágio transcultural supervisionado em um país da América Latina. Em julho é feita uma avaliação geral.

O CPM desperta o interesse por missões transculturais e equipa o aluno para comunicar o Evangelho em outra cultura. Nosso programa inclui matérias específicas, tais como: Teologia Bíblica de Missões, História de Missões, Fenomenologia da Religião, Antropologia Cultural, Contextualização, Noções de Linguística, Vida do Missionário e outras. Há também treinamento para levantamento de recursos pessoais a serem enviados ao campo e experiências práticas de evangelismo em grupo. 
O CPM é realmente intensivo. Exige muito do aluno em termos de leituras e pesquisas.
O programa do curso também é desenvolvido com o objetivo de levar o aluno a uma disciplina de oração, jejum e leitura bíblica.

 
A conferência missionária

 Todos os anos, no Vale da Bênção, a Missão Antioquia realiza uma conferência missionária, quando tem oportunidade de apresentar seu trabalho para os participantes, oriundos de todas as partes do Brasil. Nessa ocasião, missionários que atuam em áreas diferentes compartilham suas experiências e conhecimento.

Através desse evento a igreja é desafiada de forma incisiva a tomar posição diante de um mundo perdido. É um acontecimento ímpar que tem despertado crentes, pastores e igrejas para a obra missionária.


Projeto Férias

 O Projeto Férias, um empreendimento anual realizado pela Missão Antioquia, pretende possibilitar uma experiência missionária transcultural prática de curto prazo a jovens e adolescentes membros de igrejas evangélicas, seminaristas, pastores e profissionais liberais. Coloca os participantes em contato com outras culturas, através de um impacto de evangelismo dinâmico e produtivo em cidades carentes do evangelho. É realizado um evangelismo pessoal através de abordagem individual, evangelismo em praças, ruas, feiras, parques, grupos de teatro e dança.

Através desse trabalho é possível presenciar uma igreja nascer ou crescer. É um trabalho com ministérios específicos de implantação de igrejas em áreas carentes, e também de cooperação com igrejas locais já estabelecidas desejosas de uma cobertura estratégica de evangelização. 

 
Parcerias

A missão Antioquia trabalha em parceria com as Igrejas que possuem visão missionária e estão em busca de auxílio para realizar o “Ide” de Jesus. São vários ministérios de muitas partes do Brasil, trabalhando com a Antioquia para viabilizar o envio, o sustento e toda assessoria necessária para que os enviados realizem a obra para que foram chamados, no lugar onde foram chamados.
Além da parceria com igrejas, também foram estabelecidas parcerias com outras agências missionárias, tornando o trabalho mais dinâmico e eficaz.
Graças a essa parceria, igrejas e missões de pequeno, médio e grande porte têm pessoas expandindo o Reino de Deus em lugares distantes do globo, realizando uma tarefa difícil de realizar sozinhas. Conforme um dos slogans da última Conferência Missionária, realizada em outubro/novembro de 2009 – Juntos Para Transformar!

 
Geração Antioquia

O Geração Antioquia tem como objetivo conscientizar jovens e seus líderes de todo o Brasil sobre a necessidade de conhecerem, aprofundarem-se e se comprometerem com missão integral. No mundo de hoje a voz da juventude não pode ser ignorada. Com a expansão da comunicação global e da tecnologia da informação, os jovens não são apenas os mais afetados como também são o meio mais importante de impacto sobre a cultura global e, conseqüentemente, sobre o futuro. 
O Geração Antioquia quer estimular jovens a proclamarem o Evangelho a todo homem e ao homem todo em todo lugar. Deseja incentivar jovens a espalhar as boas novas da salvação e a também levar alívio aos que sofrem, buscando justiça e meios de uma vida digna.
Por ocasião da Conferência Missionária, uma conferência dirigida principalmente aos jovens é realizada também, sustentando os mesmos objetivos, mas buscando falar a linguagem deles.

Corações Missionários

A missão dispõe de uma equipe de base apaixonada por missões. Muitos deles já tiveram a experiência de estar no campo e por isso entendem a mente e o coração dos missionários, bem como as necessidades do mundo. Enquanto Jesus não voltar, o objetivo dessa equipe é continuar trabalhando para enviar, orientar, suprir e auxiliar a Igreja de Jesus nos quatro cantos da terra. Como disse o pastor Silas Tostes, diretor da Missão Antioquia: “Juntos, trabalharemos pela transformação através do Evangelho em áreas negligenciadas de Palavra e obra. “Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente. Amém!” (Romanos 11:36).


Entre em contato com a Missão Antioquia www.missaoantioquia.com 

 

Oração & Intercessão

oracaointercessao
Questão de Vida ou Morte!
 

Prateleira

Este é o homem a quem olharei...

0-este-e-o-homem-a-quem-olharei

"Treme da minha palavra...", Isaías 66:1-2

Como isto te parece? O Altíssimo, busca atentamente algo nos homens, algo cujo valor transcende as iguarias dos príncipes desta terra.