Ter20102020

O Cordeiro e o Leão

Title   ocordeiroeoleao

Ele veio como um Cordeiro para ser sacrificado em nosso lugar, prometeu que voltaria, mas agora como um Leão para julgar vivos e mortos. Esta figura do Cordeiro e do Leão é uma das mais conhecidas das escrituras.

“Vi, na mão direita daquele que estava sentado no trono, um livro escrito por dentro e por fora, de todo selado com sete selos.Vi, também, um anjo forte, que proclamava em grande voz: Quem é digno de abrir o livro e de lhe desatar os selos?Ora, nem no céu, nem sobre a terra, nem debaixo da terra, ninguém podia abrir o livro, nem mesmo olhar para ele;e eu chorava muito, porque ninguém foi achado digno de abrir o livro, nem mesmo de olhar para ele.Todavia, um dos anciãos me disse: Não chores; eis que o Leão da tribo de Judá, a Raiz de Davi, venceu para abrir o livro e os seus sete selos. Então, vi, no meio do trono e dos quatro seres viventes e entre os anciãos, de pé, um Cordeiro como tendo sido morto. Ele tinha sete chifres, bem como sete olhos, que são os sete Espíritos de Deus enviados por toda a terra. Veio, pois, e tomou o livro da mão direita daquele que estava sentado no trono” – Apocalipse 5:1-7

Jesus é o Cordeiro/Leão, o juízo e a misericórdia. Seus sete chifres simbolizam a plenitude do poder.

E deu à luz um filho homem que há de reger todas as nações com vara de ferro; e o seu filho foi arrebatado para Deus e para o seu trono. Apocalipse 12:5

"E da sua boca saía uma aguda espada, para ferir com ela as nações; e ele as regerá com vara de ferro; e ele mesmo é o que pisa o lagar do vinho do furor e da ira do Deus Todo-Poderoso. Apocalipse 19:15


O Cordeiro


O cordeiro é um filhote de ovelha, fraco, inofensivo, manso e fácil de ser capturado. Os sacrifícios no Antigo Testamento podiam ser ofertados de produtos da terra ou animais, sobretudo o cordeiro.

O cordeiro tipifica a figura de Cristo, que foi o sacrifício perfeito e definitivo, como nos fala as escrituras:

“Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca. Todavia, ao Senhor agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando a sua alma se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias; e o bom prazer do Senhor prosperará na sua mão” – Isaías 53:7,10

“Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne” – Romanos 8:3


O Cordeiro Sacrificado


Todos os cordeiros que foram sacrificados antes da cruz, apontavam para Jesus. Mais de 90% das ocorrências da palavra “cordeiro”, no Velho Testamento, referem-se a ofertas e sacrifícios a Deus

O carneiro que morreu no lugar de Isaque, no monte Moriá era a figura do próprio Cristo.

“Então falou Isaque a Abraão seu pai, e disse: Meu pai! E ele disse: Eis-me aqui, meu filho! E ele disse: Eis aqui o fogo e a lenha, mas onde está o cordeiro para o holocausto? E disse Abraão: Deus proverá para si o cordeiro para o holocausto, meu filho. Assim caminharam ambos juntos” - Gênesis 22:7-8

“Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca” - Isaías 53:7

“No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo” - João 1:29

“Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos” – Isaías 53:6

“Todavia, ao Senhor agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando a sua alma se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias; e o bom prazer do Senhor prosperará na sua mão” – Isaías 53:10

“Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós” – I Coríntios 5:7

Na Páscoa vemos a figura do cordeiro fortemente associada a Jesus, o cordeiro deveria morrer para que os judeus pudessem viver e serem libertos da escravidão dos egípcios.

“E falou o Senhor a Moisés e a Arão na terra do Egito, dizendo: Este mesmo mês vos será o princípio dos meses; este vos será o primeiro dos meses do ano. Falai a toda a congregação de Israel, dizendo: Aos dez deste mês tome cada um para si um cordeiro, segundo as casas dos pais, um cordeiro para cada família. Mas se a família for pequena para um cordeiro, então tome um só com seu vizinho perto de sua casa, conforme o número das almas; cada um conforme ao seu comer, fareis a conta conforme ao cordeiro” - Êxodo 12:1-4

Os judeus não estavam abertos para um Messias/Cordeiro, imagino que o próprio fato que os homens poderem matá-lo era um indício para muitos judeus de que Jesus não era o Filho de Deus

“Por que se amotinam os gentios, e os povos imaginam coisas vãs? Os reis da terra se levantam e os governos consultam juntamente contra o Senhor e contra o seu ungido, dizendo: Rompamos as suas ataduras, e sacudamos de nós as suas cordas. Aquele que habita nos céus se rirá; o Senhor zombará deles. Então lhes falará na sua ira, e no seu furor os turbará” - Salmos 2:1-5

Diferentemente dos outros animais, que quando enfrentam o matadouro lutam fortemente por suas vidas, as ovelhas permanecem quietas e praticamente não resistem. Foi como um Cordeiro que Jesus aceitou seu sofrimento e morte, Ele poderia ter facilmente se livrado daquela situação se desejasse, mas por amor Ele se entregou.

“Ou pensas tu que eu não poderia agora orar a meu Pai, e que ele não me daria mais de doze legiões de anjos?” – Mateus 26:53

“Por isto o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la. Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar, e poder para tornar a tomá-la. Este mandamento recebi de meu Pai” - João 10:17,18


O Cordeiro Entronizado


Ele ressuscitou, em apocalipse desaparece a imagem de um cordeiro manso e inofensivo. Jesus é identificado como Cordeiro mais de 30 vezes no apocalipse, Ele é descrito como um guerreiro vitorioso, glorificado e poderoso. Ele é, de fato, um Cordeiro semelhante a um Leão.

“E olhei, e eis que estava no meio do trono e dos quatro animais viventes e entre os anciãos um Cordeiro, como havendo sido morto, e tinha sete pontas e sete olhos, que são os sete espíritos de Deus enviados a toda a terra” - Apocalipse 5:6

O Cordeiro é aspresentado como tendo 7 chifres e sete olhos. Ao longo do livro do Apocalipse, o chifre é tido como símbolo de força e poder, e o número 7 significa perfeição e plenitude.

“Estes combaterão contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, porque é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; vencerão os que estão com ele, chamados, e eleitos, e fiéis” – Apocalipse 17:14


E aqueles que rejeitaram o Cordeiro serão atormentados.


“Também este beberá do vinho da ira de Deus, que se deitou, não misturado, no cálice da sua ira; e será atormentado com fogo e enxofre diante dos santos anjos e diante do Cordeiro” – Apocalipse 14:10

“E diziam aos montes e aos rochedos: Caí sobre nós, e escondei-nos do rosto daquele que está assentado sobre o trono, e da ira do Cordeiro” – Apocalipse 6:16


Pelo sangue do Cordeiro os fiéis venceram e lavaram suas vestiduras:


“E eu disse-lhe: Senhor, tu sabes. E ele disse-me: Estes são os que vieram da grande tribulação, e lavaram as suas vestes e as branquearam no sangue do Cordeiro” – Apocalipse 7:14

“E eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; e não amaram as suas vidas até à morte” – Apocalipse 12:11


Digno é o Cordeiro de receber a adoração de todas as criaturas no céu e na terra.


“E olhei, e ouvi a voz de muitos anjos ao redor do trono, e dos animais, e dos anciãos; e era o número deles milhões de milhões, e milhares de milhares, que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e ações de graças. E ouvi a toda a criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da terra, e que estão no mar, e a todas as coisas que neles há, dizer: Ao que está assentado sobre o trono, e ao Cordeiro, sejam dadas ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre. E os quatro animais diziam: Amém. E os vinte e quatro anciãos prostraram-se, e adoraram ao que vive para todo o sempre” - Apocalipse 5:11-14


O Leão


O leão é um animal de aparência real, admirável por sua força, ágil, feroz, corajoso e que não se intimida em enfrentar um adversário.

“Rugiu o leão, quem não temerá? Falou o Senhor DEUS, quem não profetizará?” - Amós 3:8


A Tribo de Judá


Judá foi o quarto filho de Jacó, nascido de Lia, e seu nome significa: “Desta vez louvarei ao Eterno Deus”. Vemos aqui a explicação do significado do nome Judá em hebraico; “dar graças”, “elogiar” ou “louvar”.

“E concebeu outra vez e deu à luz um filho, dizendo: Esta vez louvarei ao Eterno Deus. Por isso chamou-o Judá; e cessou de dar à luz” - Gênesis 29:35

Jacó ao abençoar seus filhos, os comparou a símbolos ou animais, eis o que foi dito sobre Judá:

“Judá é um leãozinho, da presa subiste, filho meu; encurva-se, e deita-se como um leão, e como um leão velho; quem o despertará? O cetro não se arredará de Judá, nem o legislador dentre seus pés, até que venha Siló; e a ele se congregarão os povos” - Gênesis 49:9,10

A bênção de Jacó a Judá: (liderança, vitória e reinado).

“Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de teus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão” – Gênesis 49:8


A tribo de Judá era a mais numerosa de todas as 12 tribos de Israel, e Judá assumiu a liderança de Israel quando este se estabeleceu em Canaã. (Davi, da tribo de Judá era seu rei).


Logo após a morte de Salomão, no reinado de seu filho Roboão, Israel se divide em dois reinos.

- O reino do Sul, ou de Judá (Tribo de Judá mais a metade de Benjamim), com Jerusalém como capital.
- O reino do Norte com as outras 10 tribos (mais a metade de benjamim), com Samaria como capital.

A bíblia nos mostra que José, o pai terreno de Jesus, era descendente da família de Judá e do rei Davi. Por isso Jesus também é identificado como sendo ‘Raiz de Davi’.

“Visto ser manifesto que nosso Senhor procedeu de Judá” – Hebreus 7:14


Jesus, o Leão da Tribo de Judá


O Leão também tipifica a figura de Cristo. Eis o Cristo, semelhante a um leão, vitorioso.

“E disse-me um dos anciãos: Não chores; eis aqui o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, que venceu, para abrir o livro e desatar os seus sete selos” - Apocalipse 5:5

 

Em Cristo,

marcos teixeira

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Prateleira

Este é o homem a quem olharei...

0-este-e-o-homem-a-quem-olharei

"Treme da minha palavra...", Isaías 66:1-2

Como isto te parece? O Altíssimo, busca atentamente algo nos homens, algo cujo valor transcende as iguarias dos príncipes desta terra.