> Início Mundo Bíblico Examinando as Escrituras As Parábolas de Jesus - A parábola dos primeiros assentos

As Parábolas de Jesus - A parábola dos primeiros assentos

E-mail Imprimir PDF
Índice do Artigo
As Parábolas de Jesus
A parábola da candeia debaixo do alqueire
A parábola da dracma perdida
A parábola da figueira estéril
A parábola da grande Ceia
A parábola da ovelha perdida
A parábola da medida
A parábola da semente
A parábola das árvores
A parábola do bom samaritano
A parábola do filho pródigo
A parábola do grão de mostarda
A parábola do Semeador
A parábola do Joio e do Trigo
A parábola dos dois filhos
A parábola das bodas
A parábola das dez minas
A parábola das dez virgens
A parábola do amigo importuno
A parábola do credor incompassivo
A parábola do fariseu e do publicano
A parábola do fermento
A parábola do juiz iníquo
A parábola do mordomo infiel
A parábola do Rei insensato
A parábola do Rico e do Lázaro
A parábola do servo vigilante
A parábola do tesouro escondido
A parábola dos dez talentos
A parábola dos dois fundamentos
A parábola dos dois servos
A parábola dos lavradores maus
A parábola dos primeiros assentos
A parábola dos trabalhadores na vinha
A parábola acerca da renúncia
A parábola do remendo de pano novo
A parábola do vinho novo em odres velhos
Todas as Páginas
A parábola dos primeiros assentos 

 

“Reparando como os convidados escolhiam os primeiros lugares, propôs-lhes uma parábola: Quando por alguém fores convidado para um casamento, não procures o primeiro lugar; para não suceder que, havendo um convidado mais digno do que tu, vindo aquele que te convidou e também a ele, te diga: Dá o lugar a este.

Então, irás, envergonhado, ocupar o último lugar. Pelo contrário, quando fores convidado, vai tomar o último lugar; para que, quando vier o que te convidou, te diga: Amigo, senta-te mais para cima. Ser-te-á isto uma honra diante de todos os mais convivas. Pois todo o que se exalta será humilhado; e o que se humilha será exaltado.

Disse também ao que o havia convidado: Quando deres um jantar ou uma ceia, não convides os teus amigos, nem teus irmãos, nem teus parentes, nem vizinhos ricos; para não suceder que eles, por sua vez, te convidem e sejas recompensado. Antes, ao dares um banquete, convida os pobres, os aleijados, os coxos e os cegos; e serás bem-aventurado, pelo fato de não terem eles com que recompensar-te; a tua recompensa, porém, tu a receberás na ressurreição dos justos” – Lucas 14:7-14