Dom22092019

Back Início Pensatas Matutando Pense Nisto Reflexões Reconhecendo Jesus

Reconhecendo Jesus

reconhecendo-jesusComo lidar com as minhas aflições e não temer as tormentas? Como reconhecer a Jesus no meio das minhas lutas?     

Logo a seguir, compeliu Jesus os discípulos a embarcar e passar adiante dele para o outro lado, enquanto ele despedia as multidões" (Mateus 14:22).   

Esta claro aqui que Jesus compeliu os discípulos a embarcar numa canoa furada, ou seja, num bote destinado à problemas, mas nós não fomos chamados a termos vida abundante e prosperidade? Sim, isto é verdade, mas eu posso lhe afirmar que Jesus sabia o tempo todo que eles iriam enfrentar uma grande tormenta e mesmo assim os compeliu a embarcar  

Eles tiveram que passar por isso sozinhos, mas onde estava Jesus? Ele estava orando perto do mar. Como sempre tudo estava planejado por Deus, os ventos a tempestade as grandes ondas e… estavam sozinhos… Mas queridos… eles estavam prestes a aprender algo tremendo: Como reconhecer Jesus no meio da tempestade.

Eles já haviam presenciado vários milagres de Jesus e sabiam que somente Jesus possuía palavras de vida eterna, sabiam também que Jesus era poderoso acima de qualquer outro, reconheciam-no como Mestre, conheciam muito bem o Jesus provedor , mas ainda não tinham aprendido a reconhecer Jesus no meio de uma tempestade  

Quando precisamos de orientação ou cura confiamos em Jesus e em Suas palavras, também cremos que se confessarmos os nossos pecados Ele nos perdoará, confiamos que Ele está preparando lugar no céu para a Sua noiva, mas quando uma súbita tempestade cai sobre nós … e tudo parece ruir… ventos fortes, ondas imensas, onde está o Senhor? Nunca estamos muito certos de que Ele esteja realmente presente quando as coisas se complicam.  

"Entretanto, o barco já estava longe da terra, açoitado pelas ondas; porque o vento era contrário. Na quarta vigília da noite, foi Jesus ter com eles, andando por sobre o mar. E os discípulos, ao verem Jesus andando sobre as águas, morrendo de medo gritaram: É um fantasma! Mas Jesus imediatamente lhes disse: Tende bom ânimo! Sou eu. Não temais!" (Mateus 14:24-27). 

Foi Jesus ter com eles...

Jesus veio andando por sobre as águas, mas os discípulos não o reconheceram! Antes pelo contrário acharam que se tratava de um fantasma! não imaginaram que era o Mestre, e provavelmente isto nem sequer passou pelas suas mentes e este é o problema queridos, foi por isto que precisaram passar por aquela provação, Jesus sabia que eles precisavam daquela tempestade, precisavam aumentar sua fé e confiança bem como reconhecê-lo no meio daquela tormenta e naquele momento de terror, na hora mais negra da noite com ventos violentos e altas ondas, no auge da tempestade foi Jesus ter com eles. (O Oleiro estava trabalhando!) 

"O Senhor preside aos dilúvios; como rei, o Senhor presidirá para sempre" (Salmo 29:10).A palavra “igreja” em grego quer dizer: “chamados fora”, somos chamados para fora do mundo, fora dos seus valores, fora do seu sistema, fora dos seus objetivos, fora das suas conveniências, fora dos seus encantos, fora dos seus princípios, fora dos seus padrões, fora dos seus interesses, fora do seu governo, e se perseguiram o nosso Mestre nos perseguirão também, “no mundo tereis aflições mas tende bom animo, Eu venci o mundo”, devemos confiar que Ele é socorro bem presente nas horas de tribulação, que Ele é o nosso refúgio e fortaleza.  

O Senhor é a minha força!, há sim prosperidade no andar com Deus, há sim vida abundante no andar com Deus, mas não se definem de acordo com os padrões carnais e mundanos e não dependem de circunstâncias visíveis, a prosperidade e a abundância que Deus nos concede é infinitamente maior e mais abrangente do que o mundo pode oferecer ou sequer imaginar e é muito mais do que poderíamos pedir ao nosso Pai. Queridos sabemos que somos peregrinos aqui neste mundo não deixemos esta verdade se apagar dentro do nosso coração, pois a nossa principal missão e o que realmente importa para os filhos de Deus é bendizer, adorar e glorificar o Seu santo nome, é testemunhar do Seu infinito amor, anunciar as boas novas de salvação e em Nome de Jesus libertar os cativos do diabo. 

Devemos ter o cuidado para não aumentarmos os problemas. O que quero dizer com isto é que não obstante a imensa tempestade, os discípulos (como nós) ainda tiveram que lidar com fantasmas… foi uma verdadeira mistura de medos, eles não só temiam a tempestade como também os fantasmas! Porque chegaram a este ponto? Creio que por estarem discernindo apenas as circunstâncias que os envolviam, fé não combina com cálculos, fé não combina com estatísticas, existe uma maneira de evitar o medo das circunstâncias:  

Pare de medir seus problemas e reconheça a Jesus no meio da tempestade.

 

Firme na Rocha!  

marcos-teixeira 

 

Prateleira

Este é o homem a quem olharei...

0-este-e-o-homem-a-quem-olharei

"Treme da minha palavra...", Isaías 66:1-2

Como isto te parece? O Altíssimo, busca atentamente algo nos homens, algo cujo valor transcende as iguarias dos príncipes desta terra.