Sex16112018

Back Início Pensatas Matutando Pense Nisto Artigos E Como Fica o Segundo Lugar?

E Como Fica o Segundo Lugar?

segundo-lugarRecentemente assisti a um telepregador canadense de grande influência dizendo enfáticamente que o mundo respeita influência, o mundo respeita poder e o mundo respeita sucesso, portanto temos que nos levantar e assumir nossa posição de vencedores e impactar o mundo. Bem, tenho que admitir que ele tem plena razão nisto, é assim mesmo no mundo.

Ser o campeão... O sonho e a fantasia, bem como a decepção e a frustração de muitos...

- paladino; vencedor; vitorioso; triunfante.

Mas o que realmente isto significa?

Bem... com a necessidade de se criar campeões uma infinidade de campeonatos vieram a ser criados. Amor, ódio e adrenalina são ingredientes fundamentais de muitas conquistas.

Alguns dedicam-se a vida inteira para alcancar um êxito, um campeonato, um recorde. Outros passam a vida a acompanhar a carreira destes campeões, e sonhar, e torcer como se fossem eles próprios a competir.

Por conta disso formam-se muitos ídolos e heróis e com eles os fãs, simpatizantes e torcedores, alguns destes torcedores se organizam e viram grupos, colônias, tribos, partidos e gangs.

Muito se poderia dizer acerca destas torcidas organizadas, mas como justificar as vidas perdidas por causa de uma derrota num jogo ou campeonato?

Existe realização para alguém que não se torne um campeão? (ou torça por ele?)

E quando se é o último? E como fica o segundo lugar?

Muitos se alegram com a derrota dos outros e por vezes se torce mais para derrota dos ‘inimigos' do que para a vitória dos seus próprios ‘heróis'.

Desde que ele(s) não ganhem tá tudo bem, diria alguns.

Disputas são realizadas em diversos âmbitos da sociedade. Quem é melhor? Mas o que se ganha de fato?

É necessário dinheiro, energia e tempo, e não poucas vezes todo dinheiro, toda energia e todo o tempo disponível. E onde isto acaba? VAZIO! O vazio existe porque não é isto que realiza um ser tão rico e complexo como o ser humano. Os prêmios pelas vitórias e conquistas do mundo se esvaem e se dissolvem rápido, e logo não se tem nem vestígio delas.

O antes, o durante e o depois são imprevisiveis, ups and downs, prazeres temporários e frustrações perenes, falsa paz provindas de falsas realizações.

O pior é que muitas igrejas, que deveriam viver pelas leis, regras e preceitos divinos seguem os mesmos padrões de competição e concorrêcia do mundo, certamente isso não acabará bem...

Existem muitos que se chamam discípulos de Cristo com as mesmas linhas de pensamento e conduta do telepregador acima citado, onde os padrões de sucesso deste século se amalgamaram com as suas prioridades e urgências. Assim pensam, assim falam e assim também oram.

"Infiéis, não sabeis que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus" - Tiago 4:4

Este século tem um deus que domina sobre os filhos da desobediência, todo o sistema de pesos, valores e sucesso que o mundo apresenta são criação e obra do maligno, cuja finalidade é roubar, matar e destruir. É um sistema enganoso, cruel e mortal.

"E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus" - Romanos 12:2

Numa coisa concordo plenamente com o telepregador: "temos que nos levantar e assumir nossa posição de vencedores e impactar o mundo". O mundo respeitará a firmeza de propósitos daquele que encontrou a Verdade. O mundo vai querer saber e conhecer quem foi que deu água viva a este povo e de onde vem a paz que transpassa todo entendimento, de onde vem esta unidade na diversidade... O mundo vai querer ver e provar pois está triste, vazio e cansado como todos que seguem o sistema maligno aqui implantado e então a luz do evangelho do reino irá resplandecer e eles vão querer experimentar "qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus".

 

Firme na Rocha

marcos-teixeira

 

 

Prateleira

Este é o homem a quem olharei...

0-este-e-o-homem-a-quem-olharei

"Treme da minha palavra...", Isaías 66:1-2

Como isto te parece? O Altíssimo, busca atentamente algo nos homens, algo cujo valor transcende as iguarias dos príncipes desta terra.