Sex16112018

Back Início Pensatas Matutando Pense Nisto Artigos Tende Sal em Vós Mesmos

Tende Sal em Vós Mesmos

tende-sal-em-vos-mesmosA igreja tem se desviado do seu verdadeiro propósito. O sal salga por que é sal, é de sua natureza salgar. Não é necessário que haja nenhum incentivo, um ensaio científico ou uma combinação com outros elementos.

"Vós sois o sal da terra; ora, se o sal vier a ser insípido, como lhe restaurar o sabor? Para nada mais presta senão para, lançado fora, ser pisado pelos homens” – Mateus 5:13

Vivemos em um tempo onde existe uma real crise de valores, a inversão de valores e o pensamento coletivo tem ganhado força trazendo uma verdadeira devastação nos padrões morais e sociais desta geração, e infelizmente a igreja tem sido ineficaz na tratativa deste desastre.

“Se retirássemos da mente humana as falsas opiniõesesperanças vãs, avaliações incorretas e as especulações sem base deixaríamos muitas pessoas num vácuo lamentável (Francis Bacon).

Recentemente estive participando de um debate sobre o tema homosexualismo e família, percebi o quanto o povo de Deus tem estado despreparado para lidar com estes assuntos. Uma infinidade de jargões religiosos, referências bíblicas desajustadas, frases prontas, muita arrogância e quase nenhuma profundidade nos argumentos, e o pior... sem autoridade, e a tragédia... sem amor. Que é fruto sobretudo de falta de comunhão com a Videira verdadeira.

A igreja tem se fechado e desaprendido a interagir com o mundo, ou seja, não sabe mais se comunicar eficientemente. Praticamente existem dois idiomas distintos e uma barreira gigante para que o diálogo seja bem estabelecido. E uma comunicação ineficaz sempre traz consigo interpretações ineficazes, a distância da igreja para o mundo aumenta a cada dia... diria o tolo: Aleluia! A igreja não tem mesmo que se misturar com o mundo, ora... se o sal não se misturar, serve pra que? para a grande maioria de nossa sociedade os evangélicos se tornaram verdadeiros alienígenas, coisa detestável, desprezível e sem valor.

Ser insípido e sofrer por isto, me desculpem, mas em nada se relaciona ao sofrer pelo evangelho, e não traz nenhum prazer ao Rei dos reis. Sei que não devemos generalizar e não é esta a minha intenção aqui, mas é indubitável que por amostragem é quase uma regra. Glórias a Deus pelos que fazem diferença quando em meio às trevas...

Sabemos que a Palavra da cruz é loucura para os que se perdem, certamente não podemos esperar nada diferente disto, mas ela deveria ser poder de Deus para nós que amamos a Palavra. O sal tem que salgar, a luz tem que brilhar nas trevas, e é somente pelo poder de Deus que iremos convencer os que contradizem:

Certamente, a palavra da cruz é loucura para os que se perdem, mas para nós, que somos salvos, poder de Deus” - I Coríntios 1:18 “...

"apegado à palavra fiel, que é segundo a doutrina, de modo que tenha poder tanto para exortar pelo reto ensino como para convencer os que o contradizem” - Tito 1:9

Não podemos nos apegar simplesmente em ter uma linguagem persuasiva, coerente, aceitável, admirada, pois isto não geraria nenhuma mudança interior em ninguém, no muito as pessoas seriam convencidas da verdade, mas somente o poder de Deus que age inside out, de dentro pra fora, poderá converter o homem do pecado da justiça e do juízo.

A minha palavra e a minha pregação não consistiram em linguagem persuasiva de sabedoria, mas em demonstração do Espírito e de poder, para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria humana, e sim no poder de Deus” - I Coríntios 2:4

Porque o reino de Deus consiste não em palavra, mas em poder” - I Coríntios 4:20

A igreja não precisa debater como o mundo debate, mas também não pode fugir do debate com palavras sem entendimento e vazias, antes precisa se fazer ouvir e entender, precisa mostrar quem é, e o que tem. Não deve se intimidar com a arrogância deste século, mas ser ousada e corajosa em confrontar os valores deste mundo.

Pois as credenciais do apostolado foram apresentadas no meio de vós, com toda a persistência, por sinais, prodígios e poderes miraculosos” - II Coríntios 12:12

1-sal-em-vos-mesmosTenho presenciado uma forte e assustadora evasão da juventude do meio de nossas igrejas, algo aterrador e alarmante, simplesmente não querem mais, é isto mesmo, estão desiludidos, pois viveram no meio de um povo que a sua fala é como “nuvens sem água” (Judas capítulo 1), nada que lhes alimentasse a alma, somente uma religiosodade vazia, desinteressante, cansativa e pesada que matam os sonhos.

“...tendo forma de piedade, negando-lhe, entretanto, o poder. Foge também destes” - II Timóteo 3:5

O problema não está na “forma de piedade”, mas na falta de poder... não acusem nossos jovens de desistirem, por favor não façam isto, não os condene por não comprarem este produto religioso, que além de caro e feio, mata. Oremos, clamemos, supliquemos para que eles possam ser atingidos “inside out”, de dentro pra fora, pelo amor e poder do evangelho vivo do Reino de Deus.

Ao proclamarem que o “fígado faz muito mal à bebida”, estão tentando claramente inverter valores absolutos e indiretamente também tentando desqualificar a fé cristã declarando-a antiquada, incoerente e ineficaz... dizem que nós os evangélicos precisamos nos atualizar... foi bom no passado mas os tempos são outros. Infelizmente alguns grupos já estão mudando para se adaptar ao pensamento moderno, casamento entre homosexuais, bebiba light, fumo light, sexo antes do casamento que já não é ilícito por assim dizer, aliás, dizem eles; casar pra que? Se o divórcio é uma realidade estimulada e plenamente aceitável. Os valores estão se relaxando para acomodar o maior número de gente possível, (A mídia tem sido uma parceira de valor neste processo), é como se estivessem tentando alargar o caminho estreito.

Todas as coisas centradas no “eu”, inclusive a verdade tem se tornado uma coisa relativa para esta “Nova Era”, vai de como “eu” me sinto... tudo fica aceitável, qualquer pensamento, qualquer “ponto de vista”, a própria Bíblia não é suficiente muito menos absoluta. O altar de baal já esta edificado mas vale declarar que qualquer tipo de acordo com o inimigo é antes de mais nada traição ao Senhor dos senhores. A Palavra nos afirma que de Deus não se zomba, pois tudo o que o homem semear isto também ceifará.

Não adianta dizer que eles vão parar no fundo do inferno... ou olhar pra eles com cara feia e se afastar deles como se fossem algo sujo ou contagioso que devemos evitar, não, não, não. Não é pra isto que a igreja esta aqui, não é mesmo este o seu sublime propósito, senão o de anunciar as boas novas de salvação, com poder e acima de tudo amor pelas vidas perdidas! Desfazendo as obras do maligno.

Não precisamos simplesmente melhorar nossos argumentos e abordagens, mas sim e principalmente a nossa vida no altar.

Tende sal em vós mesmos, e paz uns com os outros.” - Marcos 9:50b

 

PENSE NISTO!

Em Cristo,

marcos-teixeira 

 

 

Prateleira

Este é o homem a quem olharei...

0-este-e-o-homem-a-quem-olharei

"Treme da minha palavra...", Isaías 66:1-2

Como isto te parece? O Altíssimo, busca atentamente algo nos homens, algo cujo valor transcende as iguarias dos príncipes desta terra.