Dom24062018

Back Início Mundo Bíblico Escrituras Examinando as Escrituras Festas Bíblicas 4 - Pentecostes - Hag Shavuot

4 - Pentecostes - Hag Shavuot

colheita

 

   “Então o sacerdote os moverá com o pão das primícias por oferta movida perante o Senhor, com os dois cordeiros; santos serão ao Senhor para uso do sacerdote. E naquele mesmo dia apregoareis que tereis santa convocação; nenhum trabalho servil fareis; estatuto perpétuo é em todas as vossas habitações pelas vossas gerações” - Levítico 23:20-21

   “E, quando fizerdes a colheita da vossa terra, não acabarás de segar os cantos do teu campo, nem colherás as espigas caídas da tua sega; para o pobre e para o estrangeiro as deixarás. Eu sou o Senhor vosso Deus” – Levíticos 23:22

A Festa das Colheitas era comemorada 50 dias depois da Festa das Primícias, esta contagem dos é chamada de “Omer“, contando os feixes, e por causa desta contagem era também chamada de Pentecoste, uma palavra grega que quer dizer: quinquagésimo dia. A Festa das Colheitas é também chamada de Festa das Semanas porque ocorre sete semanas após da Festa das Primícias.

   “Até ao dia seguinte ao sétimo sábado, contareis cinqüenta dias; então oferecereis nova oferta de alimentos ao Senhor” – Levítico 23:16

Aqui vemos que uma nova oferta de alimentos deveria ser feita ao Senhor. A cevada era a primeira colheita do ano; o trigo, grão mais nobre, era colhido na época da Festa de Pentecostes.

A oferta em Pentecostes inclui dois pães cozidos com fermento, ficando claro que não se refere a Jesus, uma vez que foi utilizado o fermento, um símbolo do pecado e da corrupção na Bíblia.

Existem dois pães cozidos com farinha, que veio dos feixes de grãos que amadureceram mais cedo. 

A Descida do Espírito Santo

Shavuot ou Pentecoste foi cumprido com a descida do Espírito Santo sobre os apóstolos, 50 dias após a ressurreição de Cristo, o Espírito Santo veio sobre os eles no dia de Pentecostes. 

   “E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos concordemente no mesmo lugar; E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados” - Atos 2:1-2

50 dias após a ressurreição de Jesus, o Espírito Santo (Ruach Ha’Kodesh) foi enviado.

   “Mas, quando vier aquele Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir” – João 16:13

   “Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei” - Gálatas 5:22-23

A Festa de Pentecostes encerra as primeiras chuvas, as chuvas temporãs. Jesus falou sobre o Pentecostes em vários momentos, inclusive no dia de sua ascenção:

   “E, estando com eles, determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, que, disse ele, de mim ouvistes. Porque, na verdade, João batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias. Aqueles, pois, que se haviam reunido perguntaram-lhe, dizendo: Senhor, restaurarás tu neste tempo o reino a Israel? E disse-lhes: Não vos pertence saber os tempos ou as estações que o Pai estabeleceu pelo seu próprio poder. Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra. E, quando dizia isto, vendo-o eles, foi elevado às alturas, e uma nuvem o recebeu, ocultando-o a seus olhos” - Atos 1:4-9

Em Cristo,

 marcos teixeira

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(UOL Notícias)

 

Prateleira

Este é o homem a quem olharei...

0-este-e-o-homem-a-quem-olharei

"Treme da minha palavra...", Isaías 66:1-2

Como isto te parece? O Altíssimo, busca atentamente algo nos homens, algo cujo valor transcende as iguarias dos príncipes desta terra.