Qua22112017

João 5:58 - Refutação

O texto da Bíblia com Referências (TNM), pág. 1522, das testemunhas de Jeová, está com o texto em preto. Minhas respostas em azul.

---------------------

A ação expressa em Jo 8:58 começou "antes de Abraão vir à existência" e ainda está em progresso. Em tal situação eimi (ei·), que está no presente do indicativo da primeira pessoa singular, é corretamente traduzido pelo indicativo perfeito. Exemplos da mesma sintaxe são encontrados em Lu 2:48; 13:7; 15:29; Jo 5:6; 14:9;15:27; At 15:21; 2Co 12:19; 1Jo 3:8.

Esta aparente explicação só engana quem não tem conhecimentos de grego. E de história da Sociedade Torre de Vigia. Esta disse que ego eimi (em grego, "eu sou", em Jo.8.58) já esteve no:

1950 - tempo perfeito indefinido - [não há este tempo em QUALQUER idioma!] 
1969 - tempo perfeito - [Isto é impossível para o verbo "ser"] 
1985 - tempo indicativo perfeito - [Isto também está errado - está no tempo presente simples.] 

Note que a Sociedade mudou de idéia várias vezes (um simples professor de grego ou português saberia que "ego eimi" de Jo.8.58 está no presente). Como se pode confiar numa Sociedade assim? Por que fizeram isso? Pelo simples motivo de OCULTAR a divindade de Jesus neste versículo (os muçulmanos também interpretam mal este versículo).

Estas explicações da Torre, nos livros "Perspicaz...""Raciocínios..." soam bastante convincentes à princípio. Mas um estudo profundo desmente o que dizem. Eles dizem que Jo.8.58 é semelhante a Jo.15.27. Mentira! Isto é uma falácia! Tais "ginásticas etimológicas" da Torre não mudam o fato que nenhum erudito concorda com eles, caso contrário eles os teriam citado como prova. 

A construção é diferente de um modo MUITO significante. Em Jo. 15:27, temos a preposição grega "APO" [de] que dá a idéia de ação passada para o presente. Lembre-se que um perfeito representa uma ação contínua do passado. Esta é a idéia criada por "desde o princípio". Em Jo. 14:9, temos a expressão "há tanto tempo", que diz a mesma coisa. O "há tanto tempo" aponta para um período de tempo que começou no passado e continuou ao presente, e assim a idéia perfeita. Mas em Jo. 8:58, temos: "Antes que Abraão existisse, eu sou". Não há nenhum ''de" ou "há tanto tempo" para levar a ação do passado para o presente criando uma idéia perfeita. Ele diz: "ANTES que Abraão nascesse..." sem nada para levar a ação para frente, você precisaria de um verbo no tempo perfeito para fazer o trabalho. Assim ficaria: "antes que Abraão nascesse, eu fui". Porém, o versículo não tem nenhum verbo no tempo perfeito, nem alguma expressão como "desde o princípio", para trazer a ação passada para o presente. 

Não é verdade. Não existe este tempo "indicativo perfeito" aqui. Isto é MENTIRA. Jo.8.58 não tem paralelo com Lc.2.48 mas com o Sl. 90.2.

A respeito desta construção diz A Grammar of the Idiom of the New Testament, de G. B. Winer, sétima edição, Andover, 1897, p. 267: "Às vezes, o Presente inclui também um pretérito (Mdv. 108), viz. quando o verbo expressa uma condição que começou num período anterior, mas que ainda continua, — uma condição na sua duração; como em Jo. xv. 27 ap’ ar·khés met’ e·moú e·sté, viii. 58 prin A·bra·ám ge··sthai e· ei·mi."

As TJ ainda continuam pensando que nós, trinitários, usamos o EU SOU como um título de Deus (como Jeová é para as TJ). Não. O EU SOU funciona como uma mostra da eternidade sem princípio de Deus. As TJ ocultam muitas informações. Por exemplo: a gramática de Jo.8.58 é única. Os judeus não entenderam no português, mas no grego que ego emi (eu sou) NÃO TEM PREDICADO (está no absoluto) o que eles entenderam ser um atributo que só Deus tinha.

Do mesmo modo, A Grammar of New Testament Greek, de J. H. Moulton, Vol. III, de Nigel Turner, Edimburgo, 1963, p. 62, diz: "O Presente, que indica a continuidade duma ação durante o passado e até o momento em que se fala é virtualmente o mesmo que o [aspecto verbal] Perfectivo, a única diferença sendo que se concebe a ação como ainda em andamento ... É freqüente no N[ovo] T[estamento]: Lu 248 137 ... 1529 ... Jo 56 858..."

Todas estas explicações são para tirar a atenção do verdadeiro sentido de Jo.8.58, onde Cristo diz que Ele não foi criado e Abraão foi. No Sl. 90.2, o escritor compara as montanhas (vamos comparar com Abraão) que foram criadas com Deus (ou Jesus) que não foi criado. .

Alguns, na tentativa de identificar Jesus com Jeová, dizem que e· ei· equivale à expressão hebraica ’aní hu’, "sou eu [eu o sou]", usada por Deus. Todavia, deve-se notar que esta expressão hebraica é também usada pelo homem. — 1Cr 21:17 n.

Ridícula explicação. Já está mais do que respondida aqui.

Na tentativa adicional de identificar Jesus com Jeová, alguns procuram usar Êx 3:14 (LXX), que reza: E· ei·mi ho on, que significa "Eu sou O Ser" ou "Eu sou O Existente". Esta tentativa não pode ser sustentada, porque a expressão em Êx 3:14 é diferente da em Jo 8:58. (Veja Êx 3:14 n.) - Nota de Ex.3.14 na TNM: "MOSTRAREI SER O QUE EU MOSTRAR SER." Hebr.: %ç³È 9æv %ç³È (’Eh·yéh ’Ashér ’Eh·yéh), o nome que Deus deu a si mesmo; Leeser: "SEREI O QUE EU FOR"; Rotherham: "Tornar-me-ei o que eu quiser." Gr.:E·gó ei·mi ho on, "Eu sou O Ser", ou: "Eu sou O Existente"; lat.: é·go sum qui sum, "Eu sou Quem sou". ’Eh·yéh deriva do verbo hebr. ha·yáh, "vir a ser; tornar-se; mostrar ser". Aqui, ’Eh·yéh está no imperfeito, na primeira pessoa sing., significando "virei a ser; tornar-me-ei"; ou: "mostrarei ser". Esta referência não é à auto-existência de Deus, mas ao que pretende tornar-se para com outros. Veja Gên 2:4 n.: "Jeová", onde o verbo hebr. similar, mas diferente, ha·wáh aparece no nome divino. Em todas as Escrituras Gregas Cristãs não é possível identificar Jesus com Jeová, como a mesma pessoa. — Veja 1Pe 2:3 n.; Ap. 6A, 6E.

Errado, como pode ser visto aqui. Os argumentos das TJ são muito fracos. A maior prova contra a tática das TJ é que elas muito de opinião sobre alguns versículos e até mesmo dão várias explicações para um mesmo versículo ser traduzido do jeito que é. Exemplo é este aqui: o problema é que eles falam contra eles mesmos! Primeiro dizem que o "Eu Sou" de Ex.3.14 é diferente do "Eu Sou" de Jo.8.58. Quando isto é refutado, eles mudam de opinião e dizem que Ex. 3.14 deveria ser traduzido como "mostrarei ser o que eu mostrar ser". O fato é que Ex.3.14 não está no tempo futuro mais do que Jo.8.58 está no tempo perfeito. Os dois estão no tempo presente. Isto é visto nas linguagens originais. A LXX confirma que a TNM está errada:

- Talvez a maior prova que a tradução correta de "hayah" é "eu sou" em vez de "eu msotrarei ser", é a tradução da Septuaginta (LXX)! Esta tradução do hebraico para grego foi completada em 250 d.C.! Tenho certeza que os hebraístas daquela época sabiam mais que os hebraístas de hoje! Strong lista vários significados para "hayah", inclusive no tempo passado, presente e futuros da palavra: "era, venha passar, veio, foi, foi acontecido, ser, se tornar, existir, acontecer". Os tradutores da LXX entenderam isto e escolheram "ego eimi""ho on". Nenhuma destas duas palavras gregas poderia ser traduzido em português como "mostrarei ser". 

- No hebraico, "mostrarei ser" é muito diferente do que o que temos em Ex 3:14. Ex. 33:19 ecoa Ex 3:14 e de fato usa "eu serei", e o hebraico é muito diferente. "tereimisericórdia de quem eu tiver misericórdia e me compadecerei de quem eu me compadecer". Ex 33:19 

- Se alguém lhe perguntasse "quem é você?" as duas expressões "eu sou o que sou" e "mostrarei ser o que eu mostrar ser " tem quase o mesmo significando. Ambas sugerem autodeterminação ou soberania.

- As TJ concordam que Deus é auto-existente. Apesar da forma como Êxodo 3:14 é traduzido em português, o consenso geral entre os estudiosos é que a palavra "EHYEH" usada em Ex 3:14, significa soberania, independência absoluta e autodeterminação. Então Ex 3:14 fala da auto-existência e eternidade de Yahweh e significa "eu sou o que sou". Esta refutação anti-trinitária não contesta a ligação entre Êxodo 3:14 e Jo. 8:58.

Não é verdade que não se possa identificar Jesus com Jeová (as TJ misturam querendo dizer que pensamos que Jesus é o Pai. Não. Jesus é o Filho de Deus encarnado) no NT.

 

 

Emerson H. de Oliveira

 

Fundamentos da Fé

fundamentos
Nada Além de Cristo Jesus
 

Prateleira

Este é o homem a quem olharei...

0-este-e-o-homem-a-quem-olharei

"Treme da minha palavra...", Isaías 66:1-2

Como isto te parece? O Altíssimo, busca atentamente algo nos homens, algo cujo valor transcende as iguarias dos príncipes desta terra.