Sáb29022020

Como nos dias de Noé

 

 

Por que será que Jesus mencionou o tempo de Noé? Qual será o alerta e o ensinamento? O que acontecia com a humanidade naquela época? Por certo, como acontece hoje, havia o trabalho e as relações sociais e familiares, o que era tão específico assim que Jesus tomou como referência? Eram de consternar as condições morais dos dias de Noé.

Ao olharmos a sociedade e, que vivemos hoje, não é difícil compara-la com àquela dos dias de Noé. Este é um claro alerta de Jesus para os nossos dias, Jesus afirmou que a geração que veríamos em sua segunda vinda seria bem parecida com a dos dias de Noé.

“E, como aconteceu nos dias de Noé, assim será também nos dias do Filho do homem. Comiam, bebiam, casavam, e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio, e os consumiu a todos” - Lucas 17:26,27

“E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do Homem. Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do homem” - Mateus 24:37-39

Nos dias de Noé, assim como nos dias de Ló, que era sobrinho de Abraão e habitava na cidade de Sodoma:

“Como também da mesma maneira aconteceu nos dias de Ló: Comiam, bebiam, compravam, vendiam, plantavam e edificavam; mas no dia em que Ló saiu de Sodoma choveu do céu fogo e enxofre, e os consumiu a todos. Assim será no dia em que o Filho do homem se há de manifestar” - Lucas 17:28-30

Nos tempos de Noé, assim como, na cidade de Ló, havia uma deliberada e crescente despreocupação como os caminhos de Deus, o homem era o centro, o ego era o centro, a carne era o centro, e tudo era feito para o prazer e bem-estar pessoal, como pede a natureza deturpada e pecadora do homem. Mas, comer e beber, casar-se e dar-se em casamento são coisas legitimas, o que há de errado nisto? Estas não são atividades cotidianas de uma sociedade normal?

Sim, claro que são, o alerta foi dado devido aos homens levarem uma vidasem qualquer interesse nas coisas espirituais, mas somente no que é perecível e no que abastece a satisfação pessoal imediata.

Quando se pensa somente nas coisas terrenas, fica-se desapercebido da realidade espiritual; A verdade é que todos estavam muito ocupados consigo mesmo e suas prioridades egoísticas, que não tinham qualquer outro interesse.

Outra coisa que devemos salientar, é a multiplicação da maldade, a prática rotineira e irrestrita do mal, tudo em larga escala, levando todos à uma deturpação moral e espiritual tamanha, que aquele povo se tornou mau por completo.

“Viu o Senhor que a maldade do homem se havia multiplicado na terra, e que continuamente mau todo desígnio do seu coração” – Gênesis 6:5

“A terra estava corrompida à vista de Deus, e cheia de violência” – Gênesis 6:11

A terra estava cheia de violência e imoralidade. Era um mundo perigoso, violento, vil e interesseiro, eram mais amantes dos prazeres do que de Deus.

“Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus” - Tiago4:4

A palavra mundo aqui se refere a “século, aión”, amantes deste século. Desde que Noé recebeu apalavra do Senhor para a construção da arca, até o seu término, se passaram 120 anos, isto mesmo 120 anos foi o prazo que Deus deu àquela geração para o arrependimento, e embora Noé insistentemente advertisse o povo da aproximação do dilúvio que destruiria toda a terra, e que somente dentro da arca haveria salvação, sua advertência foi em vão, não foi ouvida, antes escarnececiam, zombaram e riam dele. O coração daquele povo estava endurecido.

“Ah Senhor, porventura não atentam os teus olhos para a verdade? Feriste-os, e não lhes doeu; consumiste-os, e não quiseram receber a correção; endureceram as suas faces mais do que uma rocha; não quiseram voltar. Eu, porém, disse: Deveras estes são pobres; são loucos, pois não sabem o caminho do Senhor, nem o juízo do seu Deus” - Jeremias 5:3,4

"Os dias de Noé estão voltando para a Terra e uma catástrofe tão grande e terrível aguarda aqueles que se recusam a entrar na 'arca da salvação', que é Jesus Cristo, Aceite Cristo agora como seu Salvador, antes que seja tarde demais, você pode estar perto, mas você está dentro? (Arca), você está pronto para o Dia do Julgamento?" – Billy Graham

“Amados, escrevo-vos agora esta segunda carta, em ambas as quais desperto com exortação o vosso ânimo sincero; para que vos lembreis das palavras que primeiramente foram ditas pelos santos profetas, e do nosso mandamento, como apóstolos do Senhor e Salvador. Sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências, e dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? Porque desde que os pais dormiram, todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação. Eles voluntariamente ignoram isto, que pela palavra de Deus já desde a antiguidade existiram os céus, e a terra, que foi tirada da água e no meio da água subsiste. Pelas quais coisas pereceu o mundo de então, coberto com as águas do dilúvio” - II Pedro 3:1-6

Tome o aviso de Deus, e converta o seu coração, ainda há tempo, pois um dia as chuvas cairão e então já não haverá mais tempo para se entrar na arca. Quem lê entenda.

 

Em Cristo,

marcos teixeira

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Prateleira

Este é o homem a quem olharei...

0-este-e-o-homem-a-quem-olharei

"Treme da minha palavra...", Isaías 66:1-2

Como isto te parece? O Altíssimo, busca atentamente algo nos homens, algo cujo valor transcende as iguarias dos príncipes desta terra.