Sáb20102018

Back Início Defesa da Fé Apologética A Criação O Planeta Terra Planeta Restaurado

Planeta Restaurado

planeta-restauradoSe a matéria realmente evoluiu ao acaso através de etapas sucessivas, até formar elementos, estrelas, polímeros químicos, células vivas, vermes, peixes, anfíbios, répteis, mamíferos e, finalmente, o ser humano, então deve haver algum princípio poderoso e universal que impele os sistemas a níveis cada vez mais altos de complexidade.

O problema é que essa idéia contradiz frontalmente a Segunda Lei da Termodinâmica, universalmente aceita pelos cientistas. Essa lei atinge diretamente teorias sobre a origem espontânea da vida ou de qualquer tipo de processo ordenado. “O que a Segunda Lei nos diz, portanto, é que no grande jogo do Universo, não somente não conseguimos vencer; não conseguimos nem empatar”,escreveu Isaac Asimov, num artigo publicado no Journal of Smithsonian Institute, em junho de 1970. Para Asimov, “tanto quanto sabemos, todas as modificações são na direção de entropia crescente, de desordem crescente, de acaso crescente, de declínio” (Science Digest, maio de 1973, pág. 76).

As propostas criacionistas, por outro lado, são plenamente confirmadas pelas Leis da Termodinâmica, já que defendem uma criação originalmente completa e perfeita, além de proposital. O pecado intrometeu-se nessa criação perfeita, introduzindo modificações danosas. Conclui-se, portanto, que a filosofia evolucionista em relação ao sistema fechado chamado Universo, no que diz respeito às Leis da Termodinâmica, não está na esfera dos dados científicos observáveis.

Para ficar um pouco mais claro, imagine que você acabou de comprar um automóvel. Você resolve usá-lo apenas como decoração de jardim e o deixa lá, exposto ao tempo. Dentro de alguns anos, esse automóvel estará todo enferrujado e feio, pois a entropia agiu sobre ele. Não existe nenhum sistema no Universo que parta do simples para o complexo sem a interferência de um agente exterior. Tudo tende à desordem. A ordem tende ao caos. A decadência é certa. E isto é uma lei comprovada, não teoria.

É exatamente como escreveu o apóstolo Paulo, em Romanos 8:22: “Porque sabemos que toda a criação, a um só tempo, geme e suporta angústias até agora.” Por outro lado, a Bíblia garante que logo serão feitos “novo céu e nova terra” (Apoc. 21:1), nos quais não haverá mais efeitos danosos.

Durante milhares de anos este planeta vem sofrendo a decadência como conseqüência do pecado. Mas Deus ainda conserva o projeto original e vai reaplicá-lo a este mundo, que então se chamará Nova Terra.

 

michelson-borges

 

Michelson Borges é jornalista, formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Foi professor de História em Florianópolis e editor do jornal da Rádio Novo Tempo daquela capital, onde também apresentava um programa de divulgação científica. É editor de livros na Casa Publicadora Brasileira e autor dos livros A História da VidaPor Que CreioNos Bastidores da Mídia (publicado em espanhol, com o título Detrás de los Medios), Esperança Para Você, da Série Grandes Impérios e Civilizações, composta de seis volumes, e do livro A Descoberta (em coautoria). Mestre em Teologia pelo Unasp, é membro da Sociedade Criacionista Brasileira, tem participado de seminários criacionistas em vários lugares e mantém o blog www.criacionismo.com.br

 

O Corpo Humano

corpohumano
Uma Assombrosa Maravilha
 

Prateleira

Este é o homem a quem olharei...

0-este-e-o-homem-a-quem-olharei

"Treme da minha palavra...", Isaías 66:1-2

Como isto te parece? O Altíssimo, busca atentamente algo nos homens, algo cujo valor transcende as iguarias dos príncipes desta terra.